Com um total de 90 pontos, a EDP garantiu a melhor pontuação de sempre e é a número 1 entre as utilities integradas no Dow Jones Sustainability Index. É a única empresa portuguesa a integrar o índice há 12 anos consecutivos

 

A EDP voltou a destacar-se entre as companhias globais com as melhores práticas de sustentabilidade, tendo alcançado 90 pontos no Dow Jones Sustainability Index a nível mundial e europeu. Além de ser a sua melhor pontuação de sempre no índice que integra há já 12 anos, a empresa ainda reforçou a sua posição no ranking: é líder das utilities integradas e está no top 2 das utilities.

Com mais 5 pontos do que em 2018, o índice que distingue as empresas líderes em sustentabilidade a nível mundial voltou a valorizar o desempenho do grupo EDP nas três principais dimensões: ambiental, económica e social. Entre os critérios avaliados, destacam-se 9 em que a EDP atingiu a pontuação máxima (100 pontos): gestão dos riscos da água, alterações climáticas, relato ambiental, reporte social, direitos humanos, desenvolvimento da comunidade, envolvimento com stakeholders, envolvimento político responsável e análise de materialidade.

Para o presidente executivo do grupo EDP, António Mexia, “ser, mais uma vez, número 1 no Dow Jones Sustainability Index, entre as utilities integradas, é o reconhecimento claro da aposta da EDP no desenvolvimento sustentável e da sua capacidade de execução nos diferentes domínios da sustentabilidade. O setor da energia está a viver uma revolução marcada por descarbonização, digitalização e descentralização e, ao longo dos últimos 12 anos, temos vindo a antecipar estas tendências e a alinhar o nosso modelo de negócio com a transição energética para o combate às alterações climáticas. Este é um compromisso que a EDP continuará a assumir de forma a criar um mundo mais sustentável para as gerações futuras.”

A EDP é a única empresa portuguesa a fazer parte do Dow Jones Sustainability Index há 12 anos consecutivos. Nesta última edição, a empresa conseguiu ainda recuperar pontos em áreas relevantes como a ecoeficiência operacional, desenvolvimento do capital humano ou relação com os clientes, de acordo com a avaliação da RobecoSAM que, de acordo com a Rate the Raters da SustainAbility, é a analista de referência para os índices de sustentabilidade.

O Dow Jones Sustainability Index foi criado em 1999 como o primeiro benchmark do desempenho não financeiro para empresas cotadas a nível global. Para a edição de 2019 foram analisadas 2.296 empresas (mais 202 face ao ano anterior), tendo sido selecionadas 318 para integrar o DJSI World, entre as quais a EDP – do grupo de 16 utilities, oito são elétricas. A nível europeu, o DJSI Europe selecionou 142 empresas, incluindo a EDP, que é uma das três utilities elétricas no grupo de oito utilities.

Além dos indicadores económicos e financeiros, este índice avalia critérios como a transparência, a gestão corporativa, as relações com os investidores, a responsabilidade socioambiental e a qualidade de gestão. A inclusão da EDP nos Índices Dow Jones de Sustentabilidade é um reconhecimento do compromisso assumido em prol do desenvolvimento Sustentável e traduzido quer num reforço das melhores práticas de modelo de Governo da Sociedade, quer na estratégia de expansão das energias renováveis e na utilização de tecnologias de produção mais eficientes.

 

Wednesday the 16th. Câmara de Comércio e Industria Luso Espanhola © 2017 - Joomla Site Templates