O estatuto PME Líder é uma certificação criada pelo IAPMEI e atribuído pelo próprio IAPMEI e pelo Turismo de Portugal (no caso das empresas do setor do turismo), resultando de um processo rigoroso de candidatura que envolve também os Bancos associados à iniciativa e as Sociedades de Garantia Mutua.

 

Pelos seus elevados padrões de excelência e rigor de gestão, as PME Líder são uma referência para as restantes empresas nacionais e constituem um dos principais motores da economia nacional.

Tendo em conta os dados relativos às empresas distinguidas com este estatuto em 2018, as PME Líder registaram um volume de negócios conjunto, de 34 mil milhões de euros, representando cerca de 15% do PIB Nacional, e atingiram lucros de 2,3 mil milhões de euros.

 

O NOVO BANCO, porque pretende continuar a ser um banco de referência para as empresas, é, desde o início, um parceiro desta iniciativa, mantendo a ambição de reforçar a sua presença junto das mesmas. Presença esta que se consubstancia em produtos e serviços bancários nas áreas mais estratégicas para as empresas e em soluções criadas e desenvolvidas para responder às suas necessidades:

  • Soluções de apoio ao investimento, que permitem potenciar o crescimento;
  • Soluções de gestão dos recebíveis, para garantir a sustentabilidade da tesouraria;
  • Soluções de apoio às exportações, fomentando a conquista de novos mercados.

 

O processo de candidaturas ao estatuto PME Líder 2019 já se iniciou e o NOVO BANCO quer ser o parceiro certo para as todas as PME que se pretendem candidatar à obtenção deste estatuto de excelência, e para as apoiar na concretização dos seus objetivos.

Aceda a www.novobanco.pt/pme_lider, consulte o regulamento e, se a sua empresa é uma potencial PME Líder, utilize a carta de candidatura disponível na página e contacte o seu gestor, se é cliente, ou entregue-a num balcão ou num centro de empresas do NOVO BANCO.

 

 

 

A partir do dia 28 de junho e até 14 de agosto o El Corte Inglés de Lisboa, Gaia Porto e a loja online vão estar em Saldos. 

Os descontos atingem logo nos primeiros dias, os 50%.  A par com os melhores descontos o El Corte Inglés apresenta as suas vantagens diferenciadoras de sempre: a maior variedade de artigos e marcas e, sobretudo o mais alto nível de especialização e qualidade em todas as áreas de venda

www.elcorteingles.pt

 

  •    Novas emulsões betuminosas mais ajustadas às futuras normas europeias em destaque no CRP;

 

  •   Na vanguarda tecnológica na área da pavimentação com três apresentações por especialistas da Cepsa;

 

A Cepsa marca presença na 9ª edição do Congresso Rodoviário Português (CRP), uma iniciativa do Centro Rodoviário Português, e que teve início ontem, dia 28 e termina na quinta-feira, dia 30, no LNEC, em Lisboa.   

 

Ponto de encontro entre gestores, técnicos, docentes, investigadores e outros stakeholders do setor das infraestruturas de transportes, este ano tem como tema a importância das boas práticas, procurando dar relevância à necessidade de implementar as melhores práticas em todas as atividades a realizar em cada uma das fases do ciclo de vida das infraestruturas. No seguimento deste tema, e estando a Cepsa na vanguarda tecnológica na área da pavimentação, a empresa irá participar no evento com stand e realizar três apresentações, feitas por especialistas Cepsa.

 

                                                       Stand Cepsa no Congresso Rodoviário Português


Presente na área dos asfaltos em Portugal desde 1963 e dispondo, em Matosinhos, de uma fábrica de emulsões com armazenagem de betumes, esta é uma área de negócio é estratégica para a Cepsa, efetuando um investimento constante na investigação e desenvolvimento de novos produtos. Neste sentido, o CRP foi palco de demonstração das novas emulsões betuminosas, mais ajustadas às normas da União Europeia, que começarão agora a ser aplicadas aos projetos em Portugal.

Programa de intervenções CEPSA:

A primeira intervenção, ocorrida ontem tinha como tema: Ligante altamente modificado para instalações portuárias (por Maria Gonzalez da Cepsa) - A Cepsa desenvolveu um ligante especialmente indicado para a pavimentação de zonas portuárias, que combina a elevada resistência à fissuração com facto de reduzir substancialmente o tempo de execução do pavimento (inferior a 24 horas) em comparação com o pavimento rígido.

Amanhã, quinta-feira, entre as 10:30 e as 12:00 irão decorrer a segunda e terceiras intervenções: Novo modelo de especificações de ligantes betuminosos (Vicente Perez Mena e Maria del Mar Colas) - cenário que estabelece novos métodos de ensaio para descrever as características e desempenho destes produtos e um novo modelo redigido nas normas europeias, que se pretende dar a conhecer junto da comunidade científica e utilizadora deste tipo de produtos, por forma uniformizar o conhecimento e práticas adotadas na utilização dos ligantes betuminosos sendo de salientar o facto do novo modelo de especificações estar baseado no desempenho dos ligantes na mistura betuminosa.


Desenvolvimento de um betume híbrido para aplicação em misturas de elevado desempenho (Teresa Teixeira de Carvalho) - ligante híbrido, desenvolvido pela Cepsa para ser utilizado numa aplicação específica: a reabilitação de um pavimento em betão, muito envelhecido e altamente fissurado, numa via de elevada intensidade de tráfego (autoestrada A8). De salientar a capacidade da Cepsa desenvolver ligantes à medida, tendo em conta não só a especificação de cada aplicação como também a preocupação de desenvolvimento de ligantes mais ecológicos e de elevada performance.

 

 Visite-nos em: www.cepsa.com ou  @CEPSAportugal

Para mais informações, contactar: Guess What Margarida Lázaro - Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Comunicação Cepsa Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

American Eletric Power, Turning Tables e Verbund associam-se ao Starter Acceleration Program, em que se estreiam hoje 10 startups europeias.

 

Arrancou no dia 17 de junho, em Madrid, o primeiro módulo do novo programa global para startups de energia criado pela EDP, que procura as tecnologias mais inovadoras e que possam ser adaptáveis aos negócios das utilities internacionais. O Starter Acceleration Program foi criado para agregar as várias ferramentas de inovação da EDP e recebeu cerca de 500 candidaturas de todo o mundo para esta primeira edição, destacando-se a procura de empresas do Brasil, Estados Unidos, México, Índia e Reino Unido, o que comprova a dimensão global desta iniciativa. A maioria das candidatas pertence às áreas de inovação digital, energias limpas e soluções focadas nos clientes.

Para o módulo que se iniciou no dia 17, foram escolhidas as 10 startups europeias que apresentaram maior potencial. São de áreas essenciais para a inovação no setor energético e prioritárias para a EDP, como previsão de produção de energia, inteligência artificial, serviços para o cliente, digitalização e redes inteligentes. Os finalistas são de Espanha, Itália, França, Estónia, Grécia, Polónia, Reino Unido e Alemanha.

Três utilities internacionais decidiram juntar-se a esta primeira edição do Starter Acceleration Program, sendo parceiros da EDP neste módulo europeu: a American Eletric Power, que tem mais de cinco milhões de clientes em 11 Estados norte-americanos, a Turning Tables, uma empresa de inovação do grupo espanhol Cuerva, e a Verbund, a maior fornecedora de eletricidade da Áustria. O programa conta também com a L Marks e a Ace, duas especialistas em projetos de inovação e empreendedorismo, com presença mundial.

O módulo europeu vai permitir a estas startups conhecerem ao pormenor as quatro elétricas participantes e as necessidades destas empresas que, juntas, têm mais de 16 milhões de clientes. As equipas terão a oportunidade de apresentar as suas ideias para o setor da energia, serão acompanhadas no desenvolvimento dos seus produtos e soluções e terão acesso a vários apoios e benefícios, como o aconselhamento de especialistas em inovação, marketing, entre outros.

Esta semana de trabalho intensivo vai repetir-se em julho em São Paulo, no Brasil, e em setembro em Houston, no Texas, onde participarão as restantes escolhidas a nível mundial. Os projetos com maior potencial serão selecionados para a final do programa e o vencedor será escolhido em Lisboa, em novembro, durante a Web Summit. Os finalistas terão um espaço próprio na maior cimeira de inovação e empreendedorismo da Europa, para mostrarem os seus produtos e procurarem oportunidades de negócio.

“A diversidade das nacionalidades que se candidataram e que foram escolhidas demonstra que este programa está a conseguir ser verdadeiramente global, o nosso objetivo quando o criámos. Estamos ansiosos por receber os 10 finalistas europeus, conhecer os seus projetos e perceber de que forma podemos trabalhar juntos. A inovação aberta é, cada vez mais, o futuro deste setor”, destaca Carla Pimenta, diretora de inovação do grupo EDP.

O Starter Acceleration Program junta num só programa mundial os programas de inovação que a EDP tem desenvolvido ao longo dos anos nos países em que está presente: EDP Open Innovation e EDP Starter Espanha e Brasil.

Já se encontra nas bancas a edição de junho da revista Actualidad€ Economia Ibérica, que tem como grande tema o quão é importante a reputação de uma empresa e quais aquelas que têm melhor prestígio em Portugal.

Esta edição tem como grande entrevista, o processo de expansão da Mercadona em Portugal. Elena Aldana, Diretora de Assuntos Europeus e Relações Externas, fala sobre todo este processo de internacionalização no primeiro país e todos os objetivos para um bom sucesso.

Também contém o tema de debate do almoço realizado com a presença do Ministro da Defesa Nacional, Dr. João Cravinho, onde destacou, que "os países ibéricos devem unir esforços para fazer parte da indústria europeia da defesa"

Isto e muito mais na Revista Actualidad€! 

Gostaria de receber a revista em sua casa? http://bit.ly/2EwKpSg

 

 

No passado dia 5 de junho de 2019, realizou-se o almoço de empresários com a presença da Exma. Ministra da Saúde Dra. Marta Temido.

Para além de um discurso da Ministra sobre os serviços de saúde em Portugal para portugueses e estrangeiros, foram entregues dois prémios de melhor empresário Ibérico e melhor Gestor Ibérico de 2018.

O prémio de Empresário Ibérico do Ano, foi entregue a Francisco Dezcallar, atual presidente do Grupo Seines.

O prémio de Gestor Ibérico do Ano, foi atribuído a Carla Rebelo, atual Diretora Geral da Adecco Group Portugal.

 

                  Foto: Sandra Marina Guerreiro/ Actualidad€

 

No passado dia 4 de junho, decorreu a apresentação da sexta edição da Mostra Espanha 2019, no Palácio de Palhavã, residência oficial da Embaixada de Espanha. A Mostra Espanha 2019 vai decorrer este ano, entre junho e dezembro, em 20 cidades do país, e com mais de 80 iniciativas para divulgar o património cultural espanhol através de exposições, música, artes cénicas, conferências e encontros com a finalidade de oferecer experiências para o diálogo entre os dois países que permitam criar projetos comuns num futuro imediato.

Entre as atividades destacam-se a exposição da obra ‘Fray Pedro Machado’, de Zurbarán, que estará no Museu Nacional de Arte Antiga de Lisboa, de 19 de Setembro deste ano até 12 de Janeiro de 2020, e que foi emprestada pelo Museu de la Real Academia de Bellas Artes de San Fernando; o Festival de Mérida, que participa com a exposição Theatrum Mundi, que vai acolher o Museu de Lisboa de 1 de julho a 30 de agosto; de 25 a 28 de outubro, uma mostra de cinema espanhola (CINE FIESTA), que apresentará os filmes mais relevantes do cinema espanhol da actualidade; dois dos concertos que a cantora Rozalén dará nos dias 3 e 5 de setembro em Lisboa e no Porto, respetivamente.

A edição abre no dia 18 de junho, em Lisboa, com a presença do ministro da Cultura de Espanha, José Guirao, da ministra da Cultura de Portugal, Graça Fonseca, e com a entrega do Prémio Luso-Espanhol de Arte e Cultura, à cantora portuguesa Mariza. A organização da Mostra corre a cargo da Dirección General de Industrias Culturales y Cooperación del Ministerio español de Cultura y Deporte, em colaboração com a Acción Cultural Española (AC/E), Instituto Cervantes e a Embaixada de Espanha em Lisboa. Nesta edição, como nas anteriores, contou-se, com o apoio do Governo de Portugal, o Instituto Cervantes de Lisboa, diversas Câmaras Municipais, e outros agentes, tanto públicos como privados, de ambos os países.

                    Foto: Sandra Marina Guerreiro/ Actualidad€

 

 

Uma longa carreira, dedicada à causa diplomática, marcou o percurso profissional de Álvaro Sebastián de Erice, que recentemente exercia em Portugal as funções de ministro conselheiro da Embaixada de Espanha em Portugal, um dos mais importantes cargos da carreira diplomática espanhola. O embaixador agora reformado recebeu das mãos de Enrique Santos um Diploma de Honra, atribuído pela Câmara de Comércio e Indústria Luso-Espanhola pela “relação próxima, grande apoio e colaboração” mantidas com esta instituição.

O diplomata afirmou, num comovido discurso de despedida, que irá manter um “vínculo especial a Portugal”. E incentivou os empresários presentes no almoço a juntar-se: “essa força comum é absolutamente necessária para o futuro comum no campo internacional”.

 

 

 

EDP e a ENGIE unem forças para criar líder mundial na energia eólica offshore

 

António Mexia, CEO da EDP e presidente da EDP Renováveis (EDPR), e Isabelle Kocher, CEO da ENGIE, anunciam hoje a assinatura de um Memorando de Entendimento estratégico para criar uma joint-venture controlada em partes iguais (50/50) no eólico offshore, fixo e flutuante. A nova entidade será o veículo exclusivo de investimento da EDP, através da sua subsidiária EDP Renováveis (EDPR), e da ENGIE para oportunidades eólicas offshore em todo o mundo e passará a ser um dos cinco maiores operadores a nível global na área, combinando a competência industrial e a capacidade de desenvolvimento das duas empresas.

 

Segundo os termos do Memorando de Entendimento, a EDP e a ENGIE combinarão os seus ativos eólicos offshore e os projetos em desenvolvimento na recém-criada joint-venture, iniciando com um total de 1,5 GW[1] em construção e 4,0 GW[2] em desenvolvimento, com o objetivo de atingir os 5 a 7 GW3 de projetos em operação ou construção e 5 a 10 GW[3] em desenvolvimento avançado até 2025.

Para a EDP e a ENGIE, a energia eólica offshore está a tornar-se uma parte essencial da transição energética global, conduzindo ao rápido crescimento do mercado e ao aumento da competitividade. As empresas acreditam que a criação de uma entidade de maior escala e uma equipa totalmente dedicada, com um potencial de desenvolvimento de negócios global e uma forte capacidade de gerar contratos de aquisição de energia (PPA), irá acelerar o crescimento da sua carteira de ativos e assegurar uma operação mais eficiente, garantindo ainda uma parceria estável.

 

A joint-venture terá como alvo prioritário mercados na Europa, nos Estados Unidos e algumas regiões da Ásia, de onde se espera que venha o maior crescimento. A joint-venture tenciona ser autofinanciada e os projetos que a desenvolver irão respeitar os critérios de investimento de ambas as empresas.

Esta ambiciosa aliança segue-se a uma bem-sucedida colaboração que durante seis anos uniu a EDPR e a ENGIE como parceiros de um consórcio nos projetos eólicos offshore fixos de Dieppe Le Tréport e Yeu Noirmoutier (França) e de Moray East e Moray West (Reino Unido). A EDPR e a ENGIE são também parceiras em dois projetos eólicos offshore flutuantes em França e Portugal e participam em conjunto no concurso para o eólico offshore de Dunquerque, a decorrer em França.

 

[1] Corresponde a 100% da capacidade dos projetos: Moray East (950MW), Wind Float Atlantic (25MW), SeaMade (487MW)

[2] Corresponde a 100% da capacidade dos projetos: Moray West (800-950MW), Tréport & Noirmoutier (992MW), Leucate (24MW), Mayflower (1500MW), B&C Wind (400MW), Califórnia (100-150MW)

[3] Correspondente a 100% da capacidade de projetos

 

 

“É com enorme satisfação que anunciamos esta aliança estratégica com a EDP, com a qual temos cooperado desde 2013. Há expetativas de que o setor eólico offshore cresça de forma muito significativa até 2030. A criação desta joint-venture irá permitir-nos agarrar oportunidades de mercado enquanto aumentamos a nossa competitividade num dos nossos fatores-chave de desenvolvimento, as energias renováveis. Este acordo também está totalmente alinhado com a estratégia de transição zero-carbono da ENGIE”, afirma Isabelle Kocher, CEO da ENGIE.

 

"Este acordo para o eólico offshore representa um importante passo na estratégia da EDP para as energias renováveis. Estamos totalmente comprometidos com a transição energética e com um futuro mais sustentável, como demonstram as metas ambiciosas anunciadas no nosso Strategic Update. Estamos confiantes de que esta parceria irá reforçar a nossa posição distintiva nas renováveis, permitindo-nos acelerar o ritmo no eólico offshore, um dos principais vectores de crescimento na próxima década", afirma António Mexia, CEO da EDP. 

 

A execução do projeto está sujeita aos respetivos processos de aprovação social, corporativo, legal, regulatório e contratual. O objetivo é que a joint-venture esteja operacional até ao final de 2019.

 

 

Para mais informações visite www.edp.com ou www.edpr.com.

 

 

 

LISBOA, Portugal – 21 de Maio de 2019 – A Santos e Vale vai estar presente, nos dias 25 a 28 de Junho, numa das maiores feiras de logística e transportes da Europa, a SIL Barcelona, com o objetivo de posicionamento da marca e o lançamento do seu novo serviço de distribuição desde Espanha para Portugal.

 

Na sua 21ª edição, a SIL Barcelona, conta já com a presença confirmada de 650 empresas expositoras, 220 oradores e mais de 250 eventos, que vão decorrer durante os 3 dias da feira. Foram mais de 18.000 visitantes na edição de 2018 e a organização espera um crescimento acentuado para este ano.

 

É uma excelente oportunidade para estarmos em contacto com as principais empresas do maior país fornecedor de Portugal. Iremos apresentar o nosso novo serviço Espanha->Portugal que permitirá às empresas espanholas terem as suas mercadorias entregues diretamente no seu cliente ou terem a oportunidade de as armazenar no hub da Santos e Vale mais próximo se assim o entenderem. Desta forma poderão gerir stocks locais de menor quantidade com o máximo rigor e controlo.”, referiu Joaquim Vale, Administrador da Santos e Vale.

 

A empresa vai contar com um stand personalizado (F621) que permitirá aos visitantes uma experiência pelo mundo Santos e Vale, possibilitando assim que visualizem na primeira pessoa o funcionamento da rede de operações e todas as ferramentas que neste momento estão disponíveis para os clientes e as futuras novidades.

 

 

www.santosevale.pt

Cepsa entrega casas reconstruídas depois dos incêndios de figueiró dos vinhos 

 

 

  • A Cepsa levou elementos da sua equipa para entregar pessoalmente habitações reconstruídas às vítimas mais carenciadas dos incêndios do concelho de Figueiró dos Vinhos.


No âmbito da celebração dos 84 anos dos Bombeiros Voluntários de Figueiró dos Vinhos, grandes heróis no combate aos incêndios que deflagraram na região em junho de 2017, a Cepsa Portuguesa, através da Fundación Cepsa, procedeu presencialmente à entrega simbólica das chaves das casas reconstruídas.

Com o objetivo de contribuir para minimizar os prejuízos pós-incêndios de 2017, a Fundación Cepsa assinou um protocolo com a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Figueiró dos Vinhos (AHBVFV) para que estes identificassem, na região, famílias carenciadas que necessitassem de apoio na reconstrução das suas habitações, disponibilizando assim 20 mil euros para o efeito. Foram também doados 5000 euros em combustível para apoio da Corporação de Bombeiros.

Elementos da AHBFV e Cepsa

Placa Comemorativa numa das casas reconstruídas

 

Numa cerimónia solene que decorreu no Quartel dos Bombeiros, estiveram representadas a Câmara Municipal de Figueiró dos Vinhos através do Presidente da Câmara Municipal de Figueiró dos Vinhos, Jorge Abreu; as várias Juntas de Freguesia; a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Figueiró dos Vinhos através do Presidente da Direção, José Carlos Quintas, e do Presidente do Conselho Fiscal, Paulo Cipriano; os Bombeiros Voluntários de Figueiró dos Vinhos através do Comandante dos Bombeiros, Paulo Renato Nogueira, bem como outras Associações e Coletividades do Concelho. Da parte da Cepsa estiveram presentes: Rui Romano, Diretor Comercial; Cláudia Soares-Mendes, Diretora de Comunicação; Sofia Gonçalves, Responsável Comercial de Zona e Carlos Jorge, Agente do Posto CEPSA em Figueiró dos Vinhos.    

 

 

Visite: https://fundacion.cepsa.com/pt

O NOVO BANCO mantém o seu forte compromisso de apoio ao setor agroalimentar, assumindo-se como um parceiro financeiro de referência e privilegiando, sempre que possível, o contacto estreito junto das empresas do setor, nomeadamente nos grandes eventos do agronegócio.

A Feira Nacional de Agricultura assume, entre os principais eventos do setor, um lugar de destaque pela sua dimensão e pelo espaço privilegiado de contatos e negócios que constitui.

 

De 8 a 16 de junho, seja no stand do NOVO BANCO, seja no espaço do evento, as equipas comerciais do NOVO BANCO marcarão mais uma vez presença na Feira Nacional de Agricultura, apresentando e prestando todos os esclarecimentos sobre a oferta do banco para o setor, designadamente as Soluções Agricultura e as Soluções Agroindústria, pensadas para construir propostas de financiamento que respondam às necessidades mais sofisticadas das empresas e para criar valor, garantindo a sustentabilidade do negócio.

 

Na sua 56.ª edição, a Feira Nacional da Agricultura tem como foco principal “A vinha e o vinho”, distinguindo um setor que tem registado nos últimos anos um forte crescimento e uma elevada performance exportadora.

Portugal é atualmente o 8.º exportador mundial de vinho e, em 2018, o setor vitivinícola foi responsável por 1,4% das exportações portuguesas de bens, acumulando vendas superiores a 803 milhões de euros.


 

Sitewww.novobanco.pt/agricultura

 

 

Caravana arranca em Castelo Branco, seguindo para Mafra e Porto numa iniciativa com o apoio das Câmaras Municipais

 

FUNDAÇÃO MAPFRE ENSINA

BOAS PRÁTICAS RODOVIÁRIAS A CRIANÇAS  

  

Lisboa, 8 de maio de 2019

 

A “Caravana de Educação Rodoviária”, uma iniciativa da Fundação MAPFRE, arranca na próxima segunda-feira, 13 de maio, junto à NERCAB, em Castelo Branco, para promover o conhecimento e o respeito pela sinalização rodoviária nas crianças entre os 8 e os 12 anos.

Depois de Castelo Branco, onde permanece até 17 de maio, a caravana instala-se em Mafra (Parque Desportivo Municipal de Mafra) de 20 a 25 de maio, sábado, dia em que estará aberta ao público em geral. A iniciativa termina na Praça da Batalha, no Porto, onde ficará de 27 a 31 de maio.

 

 

Depois de Castelo Branco, onde permanece até 17 de maio, a caravana instala-se em Mafra (Parque Desportivo Municipal de Mafra) de 20 a 25 de maio, sábado, dia em que estará aberta ao público em geral. A iniciativa termina na Praça da Batalha, no Porto, onde ficará de 27 a 31 de maio.

O roadshow integra um camião que funciona como sala de aula, para explicar conceitos básicos de circulação rodoviária e um circuito de karts, composto por insufláveis, rotundas e sinalização, onde as crianças poderão praticar os conhecimentos adquiridos.

Para esta iniciativa, a Fundação MAPFRE, em parceria com as Câmaras Municipais, convida as escolas das três cidades a participar em dinâmicas simultaneamente didáticas e divertidas, que pretendem sensibilizar as crianças para o cumprimento das regras de segurança rodoviária, tornando-os ainda porta-vozes das boas práticas junto dos pais e amigos.

Este roadshow conta também com o apoio das entidades policiais, não só durante a ação de sensibilização sobre as regras e sinais de trânsito, bem como no circuito de karts onde as crianças são igualmente acompanhadas por monitores de educação rodoviária.

 

A iniciativa realiza-se anualmente, em Portugal, desde 2009, tendo, desde então, visitado 36 cidades de todo o País e chegado a mais de 33 mil crianças, bem como pais, professores e outros agentes educativos.

 

Itinerário Caravana de Educação Rodoviária

 

  • Castelo Branco – (junto à NERCABO, perto da Piscina Praia) – 13 a 19 de maio
  • Mafra – Parque Desportivo Municipal de Mafra -  20 a 25 de maio (Sábado, aberto ao público em geral)
  • Porto – Praça da Batalha - 27 a 31 de maio

 

 

 

Verão é ler. É apanhar sol. É dar um mergulho. É um fato de banho novo. É o som do mar. É andar descalça. É viajar. Mas o Verão também é algo apenas seu. 

 

Cada Verão é único. Cheio de acontecimentos memoráveis. Singular. Diferente. A forma como escolhe passar o seu tempo mais livre é um reflexo do seu próprio estilo. Porque o seu verão é um reflexo da sua personalidade e dos seus interesses. 

 

No El Corte Inglés encontra as últimas novidades em matéria de praia. Modelos para todos os estilos. Encontre o seu. Já sabe, não há dois Verões iguais.

 

www.elcorteingles.pt

 

 

  

O setor agrícola e a agroindústria têm-se destacado pelo seu dinamismo no panorama económico nacional, facto a que o NOVO BANCO não é alheio, apresentando as suas soluções Agricultura e Soluções Agroindústria, na procura recorrente de ajustar a sua oferta de produtos às necessidades dos empresários: mais e melhores soluções promovem mais e melhores negócios

 

Para além de boas soluções financeiras, o dinamismo do setor agrícola e da agroindústria pode também beneficiar muito com as interações desenvolvidas no espaço ibérico, pelas novas oportunidades de negócio que estas potenciam.

A presença ibérica do NOVO BANCO, conjugada com o NOVO BANCO Espanha, constitui também ela um fator de apoio, que permite aos empresários de ambas as geografias operar como se de único mercado se trate.

A Ovibeja, ao longo das suas várias edições - e são já 36 - tem sido um espaço privilegiado para a partilha de experiências entre os empresários dos dois lados da fronteira, para a realização de novos contactos e constituído mais um palco para a promoção dos seus produtos.

A edição 2019 da Ovibeja decorre de 24 a 28 de abril e conta novamente com a presença do NOVO BANCO, das suas soluções Agricultura e Soluções Agroindústria e das suas equipas de comerciais para apoio a todos empresários presentes.

 

Antonio Banderas, uma das figuras do cinema mais reconhecidas em todo o mundo, é o protagonista da nova campanha de moda masculina de Primavera/Verão do El Corte Inglés que passará na televisão, cinema, meios digitais e redes sociais.

Sob o mote “Todos os homens, todas as marcas, num único lugar”, a campanha é dirigida a todos os homens, independentemente do seu estilo, da sua idade ou da ocasião para que escolhem a sua roupa, sabendo que, no El Corte Inglés, encontrarão a maior oferta de moda homem e a selecção adequada a todos os gostos.

Os Grandes Armazéns apresentam o maior sortido de marcas nacionais e internacionais, num só espaço, e afirmam-se enquanto especialistas na área da moda com atendimento especializado e personalizado incluindo o serviço de alfaiataria por medida.

Na campanha, as marcas próprias do El Corte Inglés Emidio tucci e Black Emidio Tucci convivem com marcas externas como Roberto Verino, Tommy Hilfiger Tailored, Gant, Polo Ralph Lauren, Lacoste, Hackett, Emporio Armani e Calvin Klein. As marcas estão à venda nos Grandes Armazéns de Lisboa e Gaia Porto  e/ ou em www.elcorteingles.pt  

 

 

 

 

 MAPFRE MARCA PRESENÇA NA PRIMEIRA CIMEIRA EM

PORTUGAL SOBRE ALOJAMENTO LOCAL E HOTELARIA

 

 A seguradora MAPFRE vai marcar presença no European Hospitality Summit 2019, o primeiro evento em Portugal dedicado exclusivamente ao Alojamento Local e Hotelaria, organizado pela AHRESP e que irá decorrer no próximo dia 13 de abril, entre as 08h00 e 18h00, na Academia das Ciências, em Lisboa.

Segundo Luís Anula, CEO da MAPFRE, “estamos muito satisfeitos com a participação neste evento de dimensão nacional, pois, além de ir ao encontro da nossa crescente aposta no segmento de turismo, teremos oportunidade de prestar aconselhamento a todos os profissionais da área sobre questões relacionadas com os seguros mais adequados ao seu perfil e negócio”. 

Recentemente, a seguradora MAPFRE desenhou uma solução específica para Alojamento Local com a integração dos seguros de Responsabilidade Civil Exploração, Acidentes Pessoais e Multirriscos Empresa. No âmbito da parceria estabelecida entre a MAPFRE Seguros e a AHRESP - Associação de Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal, apresenta ainda como oferta complementar o seguro para Obras e/ou Remodelações.

O European Hospitality Summit 2019, o primeiro evento em Portugal dedicado às tendências do Alojamento Local e Hotelaria, contará com vários painéis e sessões sobre temas como inteligência artificial, futuro da hospitalidade, tendências digitais e mudanças na formação desta indústria que contarão com a participação de diversos oradores e peritos nestas áreas. 

Desde o início de 2018 surgiram 22.550 novos estabelecimentos de alojamento local, o maior aumento registado ao longo do período de boom da atividade em Portugal, sendo Lisboa o concelho de maior concentração, com mais de 15 mil registos. Segundo o Registo Nacional de Estabelecimentos de Alojamento Local (RNAL), em Portugal a atividade cresceu cinco vezes nos últimos quatro anos, aumentando de 14 mil registos, em 2014, para mais de 77 mil estabelecimentos em 2018.

 

Sobre a MAPFRE Seguros:

Em Portugal desde 1986, a MAPFRE Seguros possui uma rede de 90 lojas em todo o País. A nível internacional, a MAPFRE é a maior seguradora espanhola do mundo, a principal multinacional do setor na América Latina e está entre as 5 melhores da Europa em seguros Não Vida por volume de prémios. Emprega mais de 36 mil colaboradores nos cinco continentes em que opera, tendo atingido em 2017 cerca de 28 mil milhões de euros de receitas, com um lucro líquido de 701 milhões de euros.

Para mais informações, consulte www.mapfre.pt.

 

Informações adicionais:

Deep Step Comunicação

Sandra Correia/Joana Fernandes

Tel. 21-893 70 50

 

 

 

EDP lança novo acelerador mundial para startups do setor da energia

Starter Acceleration Program terá módulos em três regiões e a final será na Web Summit, em Lisboa.

 

A EDP vai juntar num só programa global as várias ferramentas de aceleração de startups que tem atualmente disponíveis nos países em que está presente: O Starter Acceleration Program está à procura de startups de todos os países, ligadas ao setor de energia, e tem as candidaturas abertas a partir de hoje e durante seis semanas. O programa vai contar com a L Marks e a Ace, duas especialistas em projetos de inovação e empreendedorismo, com presença mundial.

A partir do sucesso dos programas de inovação que a EDP tem desenvolvido ao longo dos anos nos países em que está presente (EDP Open Innovation e EDP Starter Espanha e Brasil), o grupo decidiu unir num programa global a procura por startups com tecnologias inovadoras, que possam ser adaptáveis aos negócios da empresa.

A EDP está à procura de startups de todo o mundo e, nesse sentido, o novo programa vai ter módulos em três regiões – Europa (em Madrid, Espanha), América do Sul (em São Paulo, no Brasil) e América do Norte (em Houston, nos Estados Unidos) -, onde a EDP já tem uma presença forte e experiência reconhecida na área da inovação. Depois de uma fase de trabalho intensivo com a EDP, em que estas equipas vão desenvolver projetos adaptáveis à empresa, serão selecionadas as startups com maior potencial para a final, que será realizada em Lisboa, em novembro, em plena Web Summit. As escolhidas terão um espaço próprio na maior cimeira de inovação e empreendedorismo da Europa, para mostrarem os seus produtos e procurarem oportunidades de negócio.

Em linha com as áreas estratégicas da EDP, o Starter Acceleration Program está à procura de projetos de sete categorias: energias limpas, soluções para clientes, análise de dados, armazenamento de energia, redes inteligentes, acesso à energia e processos internos inovadores. Durante o programa, as startups vão também ter acesso a vários apoios e benefícios, como o aconselhamento de especialistas em inovação, marketing, entre outros.

“Não podíamos estar mais satisfeitos com esta evolução dos vários programas de aceleração de startups para uma iniciativa verdadeiramente global, que coloca a nossa fasquia de qualidade ainda mais elevada. Acreditamos que este é o caminho certo na nossa busca por novos modelos de negócio e serviços que possam ser adotados pelos negócios que temos em 16 países”, destaca Carla Pimenta, diretora do apoio ao empreendedorismo da EDP.

O primeiro módulo do programa vai realizar-se em Madrid, em junho, seguido de um segundo em São Paulo, em julho, e um terceiro, em setembro, em Houston. As candidaturas estão abertas até 6 de maio e podem ser feitas em edpstarter.com/acceleration.

 

Sobre a L Marks:

A L Marks é uma das principais consultoras em inovação aplicada e criou a maior rede de aceleradores empresariais do Reino Unido. A empresa lançou também mais de 50 programas de inovação em toda a Europa, Israel, Japão e Estados Unidos da América. Trabalha com algumas das marcas mais conhecidas do mundo, incluindo a BMW, o Lloyd's of London, o Arsenal e a British Airways, para identificar os desafios das empresas e transformá-los em oportunidades de crescimento. Os programas colaborativos e orientados para os resultados oferecem informações e acesso a startups, enquanto incorporam as suas tecnologias pioneiras nas empresas para melhorar as operações, melhorar a experiência do cliente e cultivar um espírito empreendedor em toda a empresa. 

 

Sobre a ACE:

A ACE é uma das pioneiras no ecossistema empreendedor desde 2012, e tem como objetivo ajudar grandes empresas e startups a tornarem-se organizações exponenciais. Entre a consultoria e o investimento, a história da empresa conta com mais de 600 empresários, 250 startups aceleradas, 55 programas de inovação e 30 das maiores corporações mundiais no nosso portfólio. Atua globalmente em diferentes mercados, como a saúde e finanças, com empresas como a Google, BTG, Natura, Itaú, entre outras.

 

 

 

Lisboa, 02 de abril de 2019

 

Cepsa reforça atividade e inicia a comercialização de eletricidade em Portugal

 

  • Operações começaram com fornecimento de energia elétrica aos escritórios da Cepsa em Lisboa.

 

  •  Ao longo de 2019, a Cepsa fornecerá energia aos seus postos de abastecimento.


A Cepsa dá um passo em frente e obtém licença para iniciar a comercialização de energia elétrica no mercado luso  

As operações da Cepsa iniciaram-se com o fornecimento de eletricidade aos escritórios em Lisboa e durante este mês, ampliam-se à fábrica de distribuição e armazenagem de Matosinhos, no Porto. Durante o ano de 2019 pretende-se ainda que este fornecimento chegue aos postos de abastecimento da rede Cepsa em Portugal.  

A autorização de comercialização irá permitir cumprir com o compromisso de fornecimento de eletricidade de origem 100% renovável que requerem os pontos de recarga ultrarrápida de veículos elétricos da IONITY, que serão instalados nos postos de abastecimento Cepsa em Portugal.

 

             

 

Em Espanha a Cepsa acumula 15 anos de experiência no fornecimento de eletricidade a indústrias e PMEs sendo que, atualmente, dispõe de um portefólio de mais de 1000 empresas. Adicionalmente, desde 2009 que tem um escritório elétrico que coloca à disposição dos clientes a energia produzida por terceiros, ajustando a produção de eletricidade à procura. A experiência da Cepsa na área da eletricidade completa-se com a atividade de cogeração: Uma experiência de quase três décadas a produzir energia através das centrais de cogeração e ciclo combinado das suas instalações industriais a que brevemente se juntará o primeiro parque eólico da Cepsa.



Sobre a Cepsa
A Cepsa é uma Companhia Energética Global, que opera de modo integrado em todas fases da cadeia de valor dos hidrocarbonetos, para além de fabricar produtos a partir de matérias-primas de origem vegetal e de estar presente no setor das energias renováveis. A Mubadala Investment Company, um dos maiores fundos soberanos do mundo é o seu único acionista. Tem mais de 85 anos de experiência e uma equipa de cerca de 10.000 profissionais com grande excelência técnica e capacidade de adaptação. Está presente em todos os cinco continentes através das suas áreas de negócio de Exploração e Produção, Refinação, Petroquímica, Marketing, Gás e Eletricidade e Trading.

Visite:
www.cepsa.com

 

 

CRIE A SUA PRIMAVERA 

Uma mulher é muitas versões de si própria, dependendo do dia e da ocasião. No El Corte Inglés criámos novas marcas que oferecem modelos para diferentes tipos de mulher.

Para os dias em que se sente sofisticada, chega a Woman Limited El Corte Inglés: modelos intemporais e materiais nobres com uma subtil paleta de cores.

Para os seus dias em contacto com a natureza, procure Lloyd’s. Uma marca que se renovou com modelos que oferecem estilo e conforto para desfrutar do campo e do mar com tecidos de alta qualidade.

Woman El Corte Inglés aposta na variedade e no colorido em peças básicas. Uma marca para todos os dias. O mesmo acontece com Woman Plus El Corte Inglés: com modelos elegantes e cómodos e moda para todos os tamanhos.

E para as ocasiões festivas, Woman Fiesta El Corte Inglés: novos modelos, diferentes estilos e tecidos de excelente qualidade.

Um novo estilo no El Corte Inglés que oferece opções para todos os seus gostos. Para os seus muitos e variados momentos. Um novo estilo que sabe que a moda é feita por si.

 

Nova Embaixadora de Espanha em Portugal, Marta Betanzos, recebeu na passada semana os membros da direção da Câmara tendo os mesmos efetuado uma reunião de direção antes do almoço oferecido pela Embaixadora, onde foram discutidos vários temas.

 

A Constituição espanhola celebrou, no ano passado, 40 anos e a ocasião foi assinalada pela Embaixada de Espanha em Portugal. Uma forma de recordar e conhecer melhor esta etapa fundamental para a implementação da democracia em Espanha, após o conturbado período da ditadura, como referiram os intervenientes na conferência-debate “40º aniversário da Constituição Espanhola”.

No evento, que se insere num ciclo de conferências a realizar no Palácio Palhavã, estiveram presentes ainda o presidente da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Espanola, Enrique Santos, a diretora da Oficina Comercial da Extremadura em Portugal, Teresa Rainha, o cônsul da Embaixada de Espanha, Álvaro Sebástian de Erice, entre outros representantes de empresas e instituições espanholas presentes em Portugal.

Mais na edição de janeiro da Revista Actualidad€ Economia Ibérica.

 

Texto/Foto: Actualidade

Com um PIB de 2.324.293 milhões de euros e 65,8 milhões de pessoas, o Reino Unido (RU) representa 15,16% do conjunto do PIB da União Europeia (UE), que é de 15.326.468 milhões de euros. O PIB da Grã-Bretanha é o dobro do de Espanha (1.163.662 milhões de euros, o equivalente a 7, 59% do PIB da UE), cuja população é de 46,5 milhões de pessoas, e doze vezes superior ao de Portugal (193. 049 milhões de euros, o equivalente a 1,26% do PIB da UE), com 10,3 milhões de habitantes.

Este raciocínio, proposto por Luis Valero, representante da Câmara Hispano Portuguesa, permite avaliar o peso do RU no conjunto dos países da UE. De que forma é que a anunciada saída do RU poderá afetar a UE, em geral e a Península Ibérica, em particular, foi o tema em debate no seminário “Brexit, uma negociação complexa, organizado pela Câmara de Comércio e Indústria Luso-Espanhola, em parceria com o Institute of Public Policy (IPP), no passado dia 20 de novembro, no Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG), em Lisboa.




Leia o restante artigo na edição de dezembro da Revista Actualidad€!

 

Texto: Actualidad€

Foto: Sandra Marina Guerreiro

Wednesday the 26th. Câmara de Comércio e Industria Luso Espanhola © 2017 - Joomla Site Templates